blog sobre computadores workstations, desktops e servidores

Blog

Voltar

Segurança digital: 5 maneiras de proteger seu computador

Tecnologia

- 16/08/2018

Aqueles que acham que estão totalmente protegidos de criminosos estando no conforto de seus lares podem se preparar. Nos dias de hoje, dominado pela tecnologia, os criminosos estão migrando para o mundo virtual. Por isso, é preciso se proteger investindo em segurança digital.

Pensando nisso, selecionamos para este post 5 maneiras muito simples para proteger o seu computador das ameaças externas. Quer saber quais são? Então continue a leitura!

1. Mantenha o sistema operacional atualizado

Alguns hackers se aproveitam das falhas de segurança de sistemas antigos para entrarem em ação. Por exemplo, o WannaCry, usou brechas do Windows XP para atacar os usuários em 2017. Milhares de pessoas tiveram os seus dados roubados por usarem um sistema antigo.

Vale lembrar que o Windows XP é um dos sistemas operacionais mais usados no mundo, embora não receba atualizações de segurança desde 2014. Caso esse seja o seu caso, chegou a hora de atualizar e, se o hardware não suportar um sistema operacional novo, é hora de comprar uma nova máquina.

2. Tenha cautela ao abrir e-mails

Entre os principais meios de ataques do mundo estão os e-mails. Nesse caso, os usuários são enganados pelo nome do remetente que geralmente é idêntico ao de pessoas ou instituições conhecidas. O segredo para evitar essas mensagens maliciosas é olhar o domínio do e-mail. Por exemplo, a Receita Federal jamais enviaria um e-mail usando uma conta criada pelo Yahoo.

Outra solução é a instalação de softwares de proteção de e-mails que filtram as mensagens potencialmente perigosas.

3. Tenha bons antivírus e firewall

Os antivírus são softwares de proteção dos computadores que oferecem uma camada de proteção extra para o computador, detectando possíveis ameaças. É importante mantê-lo atualizado para que a sua máquina esteja sempre protegida de ameaças recentes.

Já os firewalls são mecanismos que impedem que softwares acessem a internet sem autorização do usuário. Isso impede, por exemplo, que um programa malicioso envie dados roubados para os criminosos. O firewall também serve para impedir que determinados sites maliciosos sejam acessados por pessoas desprevenidas.

4. Mantenha backups dos arquivos

O backup é a proteção genérica de segurança digital mais eficaz de todas. Isso porque ele ajuda a prevenir não só ataques externos, mas também ajuda em casos de falhas de hardware, de sistema, entre outros.

Além disso, os backups foram a melhor forma de proteção conhecida contra o WannaCry. O resgate de sequestro de dados não garante que eles serão devolvidos. Por isso, o backup desses dados elimina qualquer vínculo com os sequestradores. E é aí que reside a importância de manter backups constantes.

5. Cuidado ao fazer downloads na internet

Os criminosos geralmente mandam e-mails falsos com hiperlinks no meio do texto que levam o usuário a clicar e baixar softwares maliciosos que infectarão o computador. Assim, é preciso ficar atento em relação as extensões dos arquivos que estiver baixando.

Se o arquivo baixado for uma foto ou música, desconfie se a extensão for do tipo “.exe”, por exemplo. A Adobe fez um tutorial muito simples para ajudar a identificar a extensão dos arquivos do computador.

Outro cuidado muito importante é ficar atento com o que está sendo instalado no computador. Muitas empresas “confiáveis” instalam aplicações de terceiros junto aos seus sistemas, e elas deixam o computador lento. A dica é ler atentamente cada passo executado para instalar um programa, identificar os programas de terceiros e não permitir a sua instalação.

Gostou das nossas dicas de segurança digital? Então mostre-nos a sua satisfação e deixe um comentário no nosso post. Até a próxima!