blog sobre computadores workstations, desktops e servidores

Blog

Voltar

PC Gamer: saiba como escolher um para você!

Tecnologia

- 28/05/2018

Se você é daqueles que fazem questão de jogar os últimos lançamentos com o máximo desempenho possível, um bom PC gamer é sem dúvida a melhor escolha. Mas, antes de investir um bom dinheiro em uma nova máquina, é bom você ler este post até o fim e conferir todas as nossas dicas sobre como escolher um PC gamer.

Aqui, você vai saber como montar o seu equipamento, o que levar em consideração na hora da compra e, ainda, as vantagens de se investir em um PC gamer em vez de um console de jogos.

E aí, preparado para montar a sua própria máquina? Então continue com a gente e siga a leitura!

Por que montar um PC para jogos

Há muitas razões que tornam atraente a ideia de montar o seu próprio PC gamer. Confira algumas delas!

Melhor custo-benefício

Em termos de desempenho, a cada real gasto, o custo-benefício de um PC para jogos é muito mais vantajoso: você consegue construir uma máquina bem mais potente que um console de última geração, a um preço menor como um todo. Principalmente no que tange a preço unitário dos jogos, que normalmente custam 50% a menos que os dos consoles.

Maior possibilidade de personalização

Ao criar seu próprio PC gamer, você pode adaptar as suas expectativas de gosto ou desempenho com infindáveis combinações de hardware. Qualquer coisa, desde o tipo de processador até a aparência do gabinete, pode ser feito do jeito que você bem entender.

Mais satisfação

Construir seu próprio PC permitirá aprender mais sobre o hardware usado, dando a você uma maior compreensão de cada parte do equipamento. Isso dá muito mais satisfação do que ir ao revendedor mais próximo e comprar uma máquina pré-fabricada.

Mais possibilidades de uso

A alta performance de um PC para jogos pode ser aproveitada para realizar várias outras atividades, como trabalhar na edição de vídeos e imagens, modelar e renderizar 3D e assistir a conteúdos em resolução 4K sem engasgos.

Maior durabilidade

Quem compra um console no lançamento espera que ele se mantenha competitivo por, no mínimo, quatro anos. Porém, a verdade é que na metade desse ciclo essas máquinas já costumam ficar bastante defasadas em relação aos PCs — basta ver a recente chegada do PS4 Pro e Xbox One X.

Um bom PC Gamer garante jogos com alta performance por pelo menos cinco anos — e ainda tem a vantagem de permitir upgrades incrementais a custos muito menores.

Mais diversão

Sim, montar o seu próprio PC pode dar um pouco mais de trabalho e exigir uma pesquisa de todo o hardware específico que você quer. Talvez você tenha que visitar fóruns de hardware, ler análises de equipamentos e pedir conselhos aos outros.

Mas quer saber? Você vai acabar se divertindo ao se conectar com novas pessoas, aprender novas informações e, acima de tudo, ter uma grande compreensão e apreço pelo seu PC gamer personalizado!

Como escolher um PC gamer e seus componentes

Um bom PC gamer conta com componentes equilibrados. Não adianta nada você gastar a maior nota em uma peça e negligenciar as demais — um processador poderoso não vai fazer muita diferença se a placa de vídeo for fraquinha, por exemplo.

A seguir, falamos mais detalhadamente sobre cada um desses componentes. Confira!

Processador

A escolha do processador depende do seu orçamento e de quais jogos você deseja jogar. Por isso, pesquise por reviews ou referências que mostrem o desempenho desses jogos em diferentes processadores.

Verifique os requisitos mínimos recomendados em relação às frequências operacionais e núcleos de todos os CPUs disponíveis. Depois, use-os para restringir ainda mais as suas escolhas.

Placa-mãe

Depois de escolher o processador, você poderá selecionar todas as placas-mãe compatíveis. Analise tudo o que você vai precisar, como pelo menos um slot PCI Express 3.0 x16 para a placa de vídeo, um bom número de portas USB para acoplar os periféricos externos e slots de memória suficientes para a quantidade de RAM que você pode precisar para jogar games específicos.

Por fim, dê uma olhada no tamanho físico real da placa, que geralmente é padronizado: você vai querer saber isso para conseguir encaixá-la em um gabinete personalizado.

Memória

O tipo, a capacidade e a velocidade da memória que você coloca no seu PC dependerão do suporte da sua placa-mãe. Ao construir um PC para jogos agora, muito provavelmente a placa-mãe será compatível com o padrão DDR3 ou DDR4.

Como a maioria das placas-mãe suporta apenas uma certa quantidade máxima de memória, verifique sempre se ela conseguirá atender às suas necessidades de configuração. Em um PC gamer, quanto mais memória RAM, melhor!

Placa de vídeo

A GPU é uma peça vital para garantir que você possa executar os jogos que deseja nas configurações gráficas mais altas possíveis. Aqui, siga a mesma dica que demos em relação ao processador.

Num primeiro momento, pode ser irresistível optar direto por um modelo topo de linha. Mas de que adiantaria ter uma placa gráfica capaz de rodar um game de tiro a 60 frames e resolução 4K se tudo o que você joga são games de estratégia em um monitor de 1080p? É por isso que, como sempre, você deve avaliar as suas necessidades.

HD

Aqui, a dica é verificar as interfaces da sua placa-mãe e escolher um disco rígido com tempos de leitura e gravação mais rápidos.

Os HDs de velocidade mais altas, como 7200 RPM, são os melhores. Isso não quer dizer que comprar uma unidade de 5200 RPM terá efeitos dramáticos em sua experiência geral com jogos, mas a compra de um SSD mais rápido, por exemplo, fará uma diferença enorme ao carregar esses jogos ou até mesmo inicializar o PC.

Fonte

A fonte deve ser a última peça de hardware comprada, já que você precisa saber tudo o que ela estará alimentando. Além disso, compre sempre uma fonte de alimentação com mais do que a potência mínima necessária, para que você possa atualizar seu PC mais tarde.

Para se assegurar da qualidade da fonte, opte sempre por marcas reconhecidas e que tenham o selo 80 PLUS: essa certificação garante um nível de eficiência de pelo menos 80%.

Dicas rápidas para montar o PC gamer

  1. Se puder, compre uma placa de vídeo da série AMD 500 ou Nvidia 10. Isso permitirá que você jogue os games mais recentes com taxas de quadros suaves;
  2. opte por um design fácil de atualizar. Procure um sistema que você possa abrir usando poucas ou nenhuma ferramenta;
  3. planeje substituir algumas peças no futuro. Uma nova placa de vídeo ou um SSD são fáceis de instalar e muito mais baratos do que comprar um PC novo;
  4. certifique-se de obter as portas Display Port: elas dão a largura de banda necessária para conectar dois monitores 4K de uma só vez.

Viu só como escolher um PC gamer é a melhor opção para quem não abre mão de uma alta performance? Não importa se você quer montar uma máquina personalizada ou comprar um equipamento pronto: a Razor tem sempre a melhor alternativa para as suas necessidades.

Gostou do artigo e quer saber mais sobre o assunto? Entre agora mesmo em contato conosco e confira!