blog sobre computadores workstations, desktops e servidores

Blog

Voltar

Saiba como escolher o SSD adequado

Tecnologia

- 30/07/2018

Se você quer melhorar o desempenho do seu computador em relação à velocidade de armazenamento e inicialização, um SSD é a opção ideal. Ele vem se popularizando, embora ainda haja certa desconfiança por parte de muitos usuários. Logo, é importante buscar conhecer mais sobre esse produto.

O SSD (Solid State Drive) é um dispositivo feito para salvar dados de computadores pessoais e o seu papel é quase o mesmo que o HD, com o diferencial de ser mais resistente e ter maior capacidade de leitura e escrita. Ele é usado para salvar dados, como sistemas operacionais, imagens, vídeos, documentos e músicas.

O objetivo da compra de um novo SSD é o de melhorar a capacidade e a eficiência das máquinas. Para isso, você precisa saber como escolher da melhor forma. Esse upgrade pode ser considerado a melhor opção do usuário para o seu equipamento.

Separamos para você algumas dicas de como escolher o SSD adequado para a sua necessidade. Confira!

 

Resultado de imagem para SSD SATA

 

Capacidade de armazenamento

Dependendo da quantidade de arquivos que você costuma trabalhar, já é possível ter uma ideia do quanto de capacidade de armazenamento que um SSD deverá ter para atender às suas demandas. Os SSDs costumam ter uma variedade em capacidade de armazenamento entre 120 GB e 2 TB.

Tenha em mente que é importante sempre fazer uma varredura dos arquivos que são realmente necessários e daqueles que não têm mais utilidade. Pois, devido ao valor de compra de um SSD ser mais elevado em comparação com os tradicionais HDs, é preciso que você tenha a real dimensão das suas necessidades.

Por exemplo, para o uso de dois sistemas operacionais no mesmo computador (dual-boot), um SSD de 240 GB pode ser o ideal. Assim como se sua necessidade for mais voltada para escrita e leitura, um drive SSD de 120 GB é uma opção suficiente.

Lembre-se sempre que o sistema operacional Windows 10 utiliza normalmente até 60 GB do SSD para sua instalação, então no caso de um SSD de 120 GB você terá apenas 60 GB, já em um SSD de 240 GB você terá até 180 GB livres.

 

Resultado de imagem para ssd m.2

 

Velocidade de transferência

Uma das características diferenciais dos SSDs é a sua velocidade de transferência. Por não ter partes mecânicas como os HDs, eles oferecem melhor desempenho na transferência de dados e uma taxa de operações por segundo quase 500 vezes maior. Porém, essa rapidez oferecida está relacionada ao preço do produto.

Há dois tipos de operações importantes: gravação e leitura — sendo aleatória e sequencial. A velocidade aleatória é utilizada para pequenas gravações e leituras de dados. Ela é mais lenta por fazer diversas pequenas operações, porém é a de uso mais comum.

Já a velocidade sequencial é aplicada em grandes blocos de dados — e por isso é mais rápida. É importante buscar modelos de SSDs que tenham informações sobre a velocidade dessas operações junto ao fabricante do hardware. Também é preciso observar se a percepção da velocidade do produto tem relação com a vida útil do seu computador, pois ela depende do equilíbrio com outros componentes importantes, como a placa-mãe, o processador, a placa de vídeo etc.

Os SSD’s mais rápidos disponíveis hoje no mercado são os SSD M.2 PCIe NVMe, que possuem uma taxa de leitura de até 3.5 GB/s, sendo até 6 vezes mais rápido que um SSD SATA convencional, entregando muito mais performance para o seu sistema.

 

 

Resultado de imagem para SSD M.2 nvme

 

 

Confiabilidade do produto

A confiabilidade do produto é medida pelo valor médio de falhas, mais conhecido como MTBF (Mean Time Between Failure). Ele permite que o consumidor tenha uma noção do nível de confiabilidade do SSD. De acordo com o tempo de vida útil do SSD e o valor do MTBF, podemos extrair a probabilidade do hardware em apresentar algum erro.

Por exemplo, se um SSD tem a estimativa de 5 anos de vida útil e um MTBF de 600 mil horas, conclui-se que a possibilidade de ocorrer algum erro é de 1,4%. Além disso, os SSDs são mais resistentes a choques com relação aos HDs. Logo, em caso de alguma trepidação ou queda, não haverá grandes riscos de problemas de funcionamento.

Busque SSDs que tenham código de detecção de erros (ECC). Ele é muito importante para corrigir falhas e evitar que os dados sejam corrompidos. Isso permite uma longevidade no tempo de vida útil do drive SSD.

 

Resultado de imagem para Hyper M.2

Verificação de compatibilidade com a sua máquina

Para que seu investimento de adquirir um SSD tenha êxito, é extremamente importante observar se o novo hardware é compatível com o seu computador. Para isso, o formato e o tipo de interface de dados são fundamentais. A maioria dos SSDs tem interface SATA (Serial AT Attachment) — atualmente, quase todos são SATA III.

Essa interface se refere à velocidade de transferência. Caso a sua máquina não seja compatível, o seu desempenho será prejudicado. Veja a capacidade de cada uma:

  • M.2 PCIe NVMe 32 Gbps);
  • M.2 PCIe (8 Gbps);
  • SATA III (6 Gbps);
  • SATA II (3 Gbps);
  • SATA I (1,5 Gbps).

O tamanho do drive também é importante. Os modelos de 9 mm são os mais comuns e compatíveis com notebooks convencionais. No entanto, modelos de dimensões reduzidas (ultrafinos) estão sendo fabricados, exigindo drives de 7 mm.

Para desktop, procure modelos que permitam adequar a instalação do drive por meio de kits de adaptação que possibilitem encaixá-lo corretamente. Tenha bastante atenção, pois muitas lojas não aceitam devolução por motivos de falta de compatibilidade.

 

Resultado de imagem para SSD

 

Garantia e suporte oferecidos pela marca

Opte por comprar SSDs com tecnologia recente e de marcas de confiança. É atraente ao consumidor encontrar nas prateleiras de lojas especializadas e sites na internet diversas marcas. Algumas delas têm preço menor, porém fazer certa economia em um produto tão importante para o equipamento não é um bom negócio.

Ao comprar um produto por um preço menor, você pode ter uma certa economia, mas corre o risco de ocorrer falhas ou até mesmo perda do seu funcionamento total. Logo, o prejuízo será grande, já que o SSD armazena dados sensíveis para sua rotina.

Marcas pouco conhecidas não costumam ter assistência técnica em todos os países em que são comercializadas. Os termos de garantia também podem ser diferentes. Um fabricante consolidado no mercado é reconhecido justamente por sua qualidade de fabricação e suporte.

Alguns dos fabricantes mais conhecidos são:

  • Kingston;
  • SanDisk;
  • Hiper X;
  • Samsung;
  • Corsair;

Dessa forma, você tem as informações necessárias para adquirir o seu SSD. Analise todas as informações disponíveis tanto na loja quanto na página do próprio fabricante, inclusive os telefones e endereços das assistências técnicas e autorizadas. Isso torna a tarefa de saber como escolher o SSD ideal para você bem mais fácil.

Agora que você sabe como escolher o SSD adequado, entre em contato conosco e conheça mais os nossos produtos e serviços!