blog sobre computadores workstations, desktops e servidores

Blog

Voltar

Memória RAM ECC: você sabe porque usar? Descubra!

Hardware

- 15/03/2018

Um dos principais componentes de um computador é a memória RAM. Sem um bom equipamento como esse, não adianta investir em bons processadores, pois eles não poderão atingir o seu máximo potencial se não houver RAM suficiente.

Com isso, é preciso estar sempre atento na hora de configurar as máquinas para sua empresa, para que se possa alcançar o melhor retorno sobre o investimento com os componentes escolhidos.

Para te ajudar nessa árdua tarefa, vamos falar um pouco acerca da memória RAM ECC, como elas trabalham, as principais vantagens, em quais máquinas são melhor empregadas e o seu custo-benefício.

Memória RAM

A memória RAM (Random Acess Memory, ou memória de acesso randômico) é um tipo de armazenamento temporário, que facilita o acesso do processador aos dados guardados no HD. Ela não é responsável pela armazenagem de informações de forma permanente, pois funciona como se fosse um cache.

É nesse espaço que o processador realiza as armazenagens temporárias, necessárias aos seus cálculos durante o funcionamento do computador, e onde ele também guarda tudo aquilo que necessita realizar acesso rápido.

Quanto maior é o espaço de armazenamento que uma memória possui, mais rápido o processador pode agir para resolver problemas, e a máquina responderá de maneira mais ágil aos programas executados.

Memória RAM ECC

Existem vários modelos de memória no mercado, e cada uma delas foi desenvolvida para atender uma determinada demanda. Entre essas opções está a memória RAM ECC.

A sigla ECC significa Error Correction Code, ou seja, ela possui uma tecnologia que permite a recuperação de dados corrompidos. Esse método pode verificar e corrigir falhas durante o processo de armazenagem de informações, realizando a recuperação e evitando a perda de dados.

Podemos afirmar que o número de erros que pode ocorrer em situações como essa está intimamente ligado ao volume geral de informações que circula pela memória RAM: quanto mais dados, maiores as chances de falha.

Fisicamente, é muito simples verificar quando um componente de armazenamento possui ECC ou não. As memórias normais contam com oito encapsulações, já uma ECC possui nove, pois ela precisa de uma encapsulação a mais para realizar a detecção e reporte de erros.

Isso evita a ocorrência de pequenos travamentos da máquina e, consequentemente, uma interrupção nas operações da empresa até que os componentes sejam reiniciados. Você já deve ter sofrido com a tela azul durante alguma de suas atividades, e esse problema pode ter sido ocasionado por um erro na memória.

Como funciona

Os bits adicionais existentes na memória ECC permitem identificar quando as informações armazenadas estão sendo lidas pela cabeça de leitura, discos e demais mídias, os mesmos que foram gravados.

Sendo assim, é possível realizar uma análise acerca do que está armazenado em regime temporário na RAM para uso pelo processador e os dados que se encontram no HD, ou qualquer outra mídia.

Caso seja encontrado algum erro durante a leitura, é realizada a verificação e a releitura dos ECCs para a correção das falhas encontradas. Se não houve sucesso, é então realizada a cópia do trecho corrompido do HD para a RAM novamente.

Utilização

Como dito, os problemas ocasionados por erros da memória dependem exclusivamente do volume de informações que circula por esse componente. Com isso, as pessoas que fazem uso do computador apenas para lazer, navegação na internet e por pouco tempo, os chamados pessoais, podem não necessitar de uma memória RAM ECC.

No entanto, quando falamos de computadores profissionais, workstations e servidores dentro de empresa, a utilização desse tipo de memória é fundamental para evitar possíveis erros por sobrecarga do equipamento e perda do trabalho. Nesse tipo de ambiente o fluxo de informações é gigantesco e, com isso, o risco de falhas e a ocorrência de corrompimento dos dados enquanto se trabalha é muito grande.

Para evitar que tal situação ocorra com frequência, o ideal é utilizar memórias RAM ECC, que podem evitar as pequenas falhas, corrigindo qualquer problema menor e reportando quando algum erro grande que possa comprometer o sistema ocorrer.

Recomenda-se a utilização de memórias RAM ECC em servidores e workstations, principalmente quando forem utilizados para missões críticas, como projetos de engenharia pesados, renderizações de longa duração ou até mesmo para pesquisa.

Vantagens

Ao optar por utilizar uma memória RAM ECC em seus servidores ou em workstations, você pode contar com uma série de vantagens com relação ao uso de um componente comum. Entre os principais benefícios estão os listados abaixo.

Segurança

Grande parte das empresas hoje trabalha com algum tipo de dado crítico ou confidencial que não pode ser corrompido ou perdido. Utilizar uma memória RAM ECC em seus servidores e workstations pode garantir uma maior segurança da informação.

Sendo assim, não há preocupação com a perda de informações sensíveis ou que algum dado crítico se corrompa durante as atividades normais de seu servidor, ou da sua estação de trabalho. Existe muito mais confiabilidade.

Redução de erros

Um problema recorrente é a vulnerabilidade de processos, que pode causar interrupção ou lentidão dos serviços. Caso ocorram muitos erros em seu servidor, seus colaboradores e clientes podem passar por problemas de acesso com frequência.

Com o passar do tempo, essa situação pode começar a prejudicar o andamento dos negócios e acabar por resultar na perda de clientes. Com o auxílio da memória RAM ECC os erros podem diminuir drasticamente.

A redução de erros também impacta em uma maior estabilidade do computador, haja vista que problemas como “telas azuis” ou conflito de drivers não ocorrem quando a RAM ECC é utilizada. Sendo assim, não haverá possíveis perdas de projetos e arquivos de trabalho que poderiam causar tanto uma perda financeira quanto de tempo.

Disponibilidade de serviços

Muitas empresas disponibilizam os seus serviços online, 24 horas por dia e 7 dias por semana. Qualquer erro que interrompa esse fluxo pode causar prejuízos e problemas jurídicos para o negócio.

Um dos principais objetivos e benefícios que uma empresa pode alcançar ao instalar uma memória RAM ECC em suas máquinas profissionais é a minimização de interrupções e o aumento do tempo de disponibilidade, tanto do servidor quanto da workstation.

Custo-benefício

Em um primeiro momento, pode parecer que o custo de uma memória como essa é maior que as opções mais simples do componente presentes no mercado.

Contudo, é preciso esclarecer que, em média, esse tipo de memória custa apenas 12% mais que as outras alternativas, ou seja, o investimento necessário para ter acesso aos benefícios do ECC é pequeno.

Adquirir um computador profissional ou workstation integrado com uma memória RAM ECC é uma grande vantagem para a empresa, pois o custo de compra não difere tanto de uma RAM normal e as vantagens são enormes.

No caso da obtenção apenas do componente, é necessário checar a compatibilidade do processador e da placa mãe utilizados para verificar se ambos possuem suporte à tecnologia ECC. O ideal é adquirir a máquina montada, pois o custo também pode ser mais baixo.

Esperamos que com a leitura deste post você possa ter compreendido da melhor forma possível o que é a memória RAM ECC, suas aplicações e como funciona esse componente tão importante para as máquinas profissionais.

Gostou deste post? Temos muito mais conteúdos como este! Siga agora mesmo nosso Facebook e fique por dentro de todas as nossas publicações. Aguardamos você por lá!

E se estiver precisando de uma Workstation ou de um servidor com memória RAM ECC, é só falar com o nosso pessoal através do e-mail: [email protected] que eles te indicaram o melhor equipamento para sua necessidade! 😉